11 características do aprendiz autônomo — a 4 é a mais difícil

Uma pessoa educada é “alguém que aprendeu como aprender; alguém que aprendeu a se adaptar e a mudar; alguém que entendeu que nenhum conhecimento é seguro, e que apenas o processo de buscar o conhecimento fornece uma base para a segurança”.

A visão acima é de Carl Rogers, psicólogo criador da Abordagem Centrada na Pessoa e professor de ninguém menos que Marshall Rosenberg, idealizador da Comunicação Não-Violenta.

Este é um dos tópicos mais profundos do meu trabalho: escavar continuamente para encontrar novas possibilidades de contorno a respeito do que é educação.

Você já parou pra pensar em qual é o propósito da educação pra você?

No mesmo artigo do qual extraí a citação acima, existe uma lista pontuando as 11 características do aprendiz autônomo.

Se você me acompanha por aqui, já deve saber que minha visão educacional está intimamente conectada ao propósito de gerar seres humanos autônomos — ou, dito de outra forma, autodirigidos, capazes de conduzir e organizar o próprio processo de aprendizagem e a própria vida.

Dá uma olhada na lista:

11 características do aprendiz autônomo

E aí, se identificou?

O único risco ao se refletir profundamente sobre qual é o propósito da educação é perceber que quase tudo que nossas escolas e sistemas educacionais fazem está indo na direção errada.

Ainda assim — ou justamente por isso — , precisamos fazê-lo.

Se você quiser se aprofundar nesse tema, vou deixar aqui duas indicações:

Referências

Saiba mais sobre mim em www.alexbretas.com.

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com