A filosofia criativa do John Mayer

“Antes, eu só queria ser o melhor: uma expectativa tão ampla que acaba sendo indefinível e, consequentemente, inalcançável.

Quando penso nas pessoas que eu vejo como ‘melhores’ no que fazem, eu noto um padrão:

As criações delas são sinceras — focam em botar o que elas acreditam pra fora, não em agradar todo mundo.

Criações que ficam em ‘cima do muro’ podem estar mais seguras, mas também ficam ‘longe demais’ para alguém se conectar profundamente”

(John Mayer, sobre o início de sua carreira)

Você quer ser o melhor ou quer botar o que acredita pra fora?

Obs.: aprendi com a Mari Wandarti na comunidade do MoL Academy. Obrigado, Mari!

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com