Como não aprender nada

Esses dias, eu fiquei pensando sobre como diminuir as chances de realmente se aprender algo.

E a verdade é que existem muitas formas de fazer isso.

Primeiro, tem aquela pessoa que fica pulando de galho em galho em sites e redes sociais, sem nunca se comprometer com nenhum aprendizado mais profundo.

Provavelmente, essa pessoa também tem o hábito de apenas consumir passivamente informações o tempo inteiro, o que a deixa “infoxicada” — intoxicada de tanto conteúdo. E exausta.

Pode ser que essa pessoa também tenha o hábito de gastar dinheiro fazendo inúmeros cursos, especialmente online. Só que ela nunca completa nenhum e, quando completa, ela não consegue transformar sua prática a partir do que “aprendeu” nem compartilhar seus conhecimentos com o mundo.

Eu entendo de onde vem tudo isso. Em geral, na escola e na universidade, não fomos estimulados a “aprender a aprender”.

É por isso que, na próxima segunda às 19h30, eu vou oferecer uma live gratuita chamada “O que é e o que não é aprendizagem autodirigida + 6 armadilhas comuns” junto com a minha grande amiga e aprendiz autodirigida Isadora Martins.

Nesse encontro, eu vou compartilhar alguns dos principais desafios na hora de colocar em prática o aprendizado autodirigido. E como você pode lidar melhor com eles.

Bora lá?

Para receber o link do evento no Zoom, é só cadastrar o seu e-mail na Semana A2 aqui: https://alexbretas11.substack.com.

Saiba mais sobre mim em www.alexbretas.com.

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com