Desafio #11: Use cinco perguntas para escutar melhor

[Desafio 30 Dias de Hábitos de Aprendizagem]

Saiba mais sobre o Desafio e inscreva-se gratuitamente aqui.

Conjunto: Escuta

O que é esse desafio?

Esse hábito pode ser descrito assim (“loop do hábito” de Charles Duhigg):

  • Deixa: toda vez que você está em uma conversa com alguém
  • Rotina: fazer perguntas simples para estimular o pensamento da pessoa
  • Recompensa: aprendizado, clareza, conexão

Isso é o oposto de:

  • Deixa: toda vez que você está em uma conversa com alguém
  • Rotina: não perguntar nada e já dizer o que você pensa
  • Recompensa: ter razão, vencer o debate

Por que esse desafio é importante?

A capacidade de fazer perguntas é essencial para potencializar a escuta, e a escuta favorece a aprendizagem.

É impossível ter certeza do que o outro dirá antes que ele o diga porque a conversa é um fenômeno que se recria a cada instante. Como vimos no desafio #10 (faça duplas de pensamento), a atenção que somos capazes de oferecer faz toda a diferença na qualidade do pensamento de quem escutamos.

No dia-a-dia, fazer perguntas simples é uma das melhores formas de estimular uma conversa e “escavar” a inteligência das pessoas. É comum pensar que precisamos chegar nas “melhores” perguntas, mas às vezes tudo que é preciso é simplesmente estar interessado e… perguntar.

Como fazer?

  • Este é um dos desafios mais simples de entender. A ideia é que você utilize as cinco perguntas abaixo frequentemente em suas conversas.
  • Muitos de nós já utilizamos várias delas na nossa comunicação diária, mas o desafio consiste em fazer isso de maneira mais intencional e intensa.
  • “O que você acha?” é a pergunta básica para saber as opiniões e visões de alguém sobre determinado assunto. Ao fazê-la, ajudamos o outro a se sentir incluído na conversa.
  • “Por que você acha isso?” é uma pergunta que estimula um raciocínio mais profundo. Ela é boa para escavar o que há por trás das opiniões e visões. Uma variação dela que gosto muito é “Por que isso é importante pra você?”
  • “Como você chegou nisso?” pode soar intimidadora, mas dependendo de como você a faz, ela te leva às origens do pensamento do seu interlocutor. E isso te faz aprender muito com ele.
  • “Me conta mais?” é uma pergunta que demonstra o quanto você está genuinamente interessado no que o outro está dizendo. É um convite para que ele explore mais seu pensamento em um espaço seguro.
  • “Quais perguntas você continua tendo?” é uma pergunta sobre perguntas. Elas são ótimas para estimular a reflexão e o pensamento crítico, e por isso mesmo são uma potente ferramenta de aprendizagem.
  • Uma característica comum a todas as perguntas acima é que elas são perguntas abertas, ou seja, são um convite à exploração e à reflexão. Esse tipo de pergunta favorece mais a aprendizagem do que perguntas fechadas de “sim” ou “não”.
  • Nas suas próximas conversas ou reuniões, perceba o seu modo de interagir e a quantidade e qualidade das perguntas que você faz. Experimente com as perguntas acima e veja o que acontece.

Resumo do desafio

  • Repare no seu modo de interagir em conversas e reuniões: qual a quantidade de perguntas você costuma fazer e como elas são?
  • Utilize as cinco perguntas acima para escutar melhor nas suas próximas conversas

Para saber mais

São mais de 600 pessoas fazendo o Desafio juntas.

Para participar do grupo do Desafio 30 Dias de Hábitos de Aprendizagem no Telegram e ter acesso a conteúdos exclusivos e apoio de pessoas incríveis, inscreva-se gratuitamente aqui.

Baixe um material gratuito que vai te ajudar a aprender a aprender

Preparei um conteúdo com as principais pérolas da minha jornada de aprendizagem autodirigida.

É a essência mesmo. Aquilo que eu recomendaria de olhos fechados pra qualquer um que queira aprender a aprender.

E o mais legal é que eu organizei esse conteúdo no formato CEP+R (Conteúdos, Experiências, Pessoas e Redes).

CEP+R é um método que eu e Conrado Schlochauer criamos juntos. Usamos esse método em programas, workshops, mentorias e com a gente mesmo.

Acesse agora o conteúdo no meu site: www.alexbretas.com. E depois me envia um e-mail no alex@alexbretas.com me contando o que achou!

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com