Desafio #15: Altere as premissas do problema

[Desafio 30 Dias de Hábitos de Aprendizagem]

Saiba mais sobre o Desafio e inscreva-se gratuitamente aqui.

Conjunto: Criatividade

O que é esse desafio?

Esse hábito pode ser descrito assim (“loop do hábito” de Charles Duhigg):

  • Deixa: quando você está tentando resolver um problema
  • Rotina: alterar as premissas geralmente aceitas sobre a questão
  • Recompensa: insights, resolução do problema de forma criativa

Isso é o oposto de:

  • Deixa: quando você está tentando resolver um problema
  • Rotina: aceitar as premissas como dadas
  • Recompensa: não ter que desafiar o que é geralmente aceito

Por que esse desafio é importante?

Um dos maiores obstáculos à criatividade é não enxergar (e questionar) as premissas associadas à situação que estamos tentando resolver. Premissas são as bases da sua forma de encarar determinada questão.

Vamos supor que você precisa guardar pó de café em uma garrafa, mas não tem um funil em casa. De repente, você tem uma ideia: usar um guardanapo para fazer a função.

Nesse caso, você alterou duas premissas: a de que guardanapos só servem para limpeza após as refeições e a de que um funil precisa sempre ser feito de certos materiais.

Na vida, boa parte das peças não são dadas como em um jogo de xadrez: nós apenas assumimos que elas estão lá. Regras, convenções, costumes e preconceitos podem e devem ser questionados.

Alterar as premissas — ou usar o “pensamento lateral” — é importante para que você crie sua própria forma de aprender. E, dentro do tema que você está aprendendo, é útil para encontrar possibilidades criativas.

Como fazer?

  • Assim como o desafio #14 sobre polinização cruzada, alterar as premissas é um tipo de olhar que podemos cultivar ao longo da vida. Podemos torná-lo um hábito: sempre que uma questão aparentemente não solucionável aparecer, você enxerga as premissas associadas à situação e experimenta modificá-las. E alterar as premissas pode ser útil mesmo em situações em que já existe uma solução razoável (podemos encontrar caminhos ainda melhores).
  • Para exercitar a alteração das premissas, vou propor aqui um experimento que conheci através do Blake Boles, autor do livro A Arte da Aprendizagem Autodirigida que eu traduzi em 2017. Esse exercício é um exemplo de uma premissa sendo alterada que pode nos ajudar a repensar muitas situações da vida.
  • “Eu não consigo” para “Eu poderia se” é apenas um exemplo de alteração de premissas. Existem muitos outros. Experimente no seu contexto e veja o que acontece. O principal é pensar: “o que eu estou assumindo como verdade aqui e como seria se eu assumisse coisas diferentes?”

Resumo do desafio

  • Faça o exercício do “eu poderia se” para experimentar a alteração de premissas
  • Em diferentes situações, comece a se perguntar: “o que estou assumindo como verdade aqui e como seria se eu assumisse coisas diferentes?”

Para saber mais

São mais de 600 pessoas fazendo o Desafio juntas.

Para participar do grupo do Desafio 30 Dias de Hábitos de Aprendizagem no Telegram e ter acesso a conteúdos exclusivos e apoio de pessoas incríveis, inscreva-se gratuitamente aqui.

Baixe um material gratuito que vai te ajudar a aprender a aprender

Preparei um conteúdo com as principais pérolas da minha jornada de aprendizagem autodirigida.

É a essência mesmo. Aquilo que eu recomendaria de olhos fechados pra qualquer um que queira aprender a aprender.

E o mais legal é que eu organizei esse conteúdo no formato CEP+R (Conteúdos, Experiências, Pessoas e Redes).

CEP+R é um método que eu e Conrado Schlochauer criamos juntos. Usamos esse método em programas, workshops, mentorias e com a gente mesmo.

Acesse agora o conteúdo no meu site: www.alexbretas.com. E depois me envia um e-mail no alex@alexbretas.com me contando o que achou!

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com