Desafio #3: Faça uma curadoria de suas fontes de aprendizagem

[Desafio 30 Dias de Hábitos de Aprendizagem]

Saiba mais sobre o Desafio e inscreva-se gratuitamente aqui.

Conjunto: Meta-aprendizagem

O que é esse desafio?

Esse hábito pode ser descrito assim (“loop do hábito” de Charles Duhigg):

  • Deixa: quando você quer saber como aprender algo
  • Rotina: fazer uma curadoria das fontes de aprendizagem mais relevantes
  • Recompensa: foco, organização

Isso é o oposto de:

  • Deixa: quando você quer saber como aprender algo
  • Rotina: perder muito tempo pesquisando sem direção
  • Recompensa: prazer da pesquisa, não precisar focar

Por que esse desafio é importante?

Você já tem uma boa noção do que quer aprender, porque isso é importante e até já conversou com alguém mais experiente para ampliar seu repertório. Agora vem a pergunta: como aprender isso?

É muito comum paralisar nessa parte. Ficamos desorientados com a quantidade de conhecimento disponível e não sabemos por onde começar. É por isso que saber fazer curadoria é fundamental.

A curadoria é como garimpar ouro. Você acessa uma grande quantidade de fontes para chegar naquilo que tem mais potencial para acelerar seu aprendizado.

Como fazer?

  • O primeiro passo é entender que o aprendizado é muito mais do que somente consumir conteúdo. Eu e o Conrado Schlochauer criamos o método CEP+R para representar as quatro fontes de aprendizagem existentes: Conteúdos, Experiências, Pessoas e Redes.
  • Conteúdos são leituras, vídeos, palestras, aulas, podcasts etc.
  • Experiências são situações em que você testa ou vivencia seu aprendizado na prática.
  • Pessoas são especialistas, autores, criadores de conteúdo, parceiros e bons ouvintes.
  • Redes são grupos, movimentos e comunidades dedicadas ao seu tema de interesse.
  • A curadoria proposta nesse desafio será feita com base no CEP+R. A ideia é que você identifique Conteúdos, Experiências, Pessoas e Redes relevantes para aprender sobre seu tema.
  • Se fizer sentido, é possível utilizar o mapa de aprendizado produzido no desafio #1 para te ajudar nesse processo. Insira algumas coisas do seu mapa no Google e veja o que acontece (vale inserir em inglês também para aumentar o alcance da busca).
  • Você pode também usar o desafio #2 como inspiração e perguntar às pessoas se elas podem te indicar boas fontes de aprendizagem dentro do seu tema. Não precisa necessariamente ser especialista: pode ser seu filho, um amigo ou um colega de trabalho. Pergunte a várias pessoas (você gasta 30 segundos para escrever uma mensagem de Whatsapp para cada uma).
  • Uma grande vantagem do CEP+R é que cada Conteúdo, Experiência, Pessoa ou Rede pode te levar a outros Conteúdos, Experiências, Pessoas ou Redes. Sabe as referências bibliográficas que todo artigo ou livro costuma ter? Não deixe de verificar se há algum tesouro escondido por lá.
  • Depois de garimpar bastante, preencha o mapa do CEP+R abaixo com 1–3 fontes de aprendizagem em cada quadrante. Será preciso selecionar aquilo que é mais importante para você nesse momento.

Veja um exemplo do mapa preenchido abaixo:

  • Selecionar o que entra no mapa e o que não entra é um exercício de desapego. Sua principal pergunta deve ser: “o que desperta mais minha curiosidade nesse momento?”
  • O campo “Experiências” é diferente dos demais. Ele evidencia a parte prática do aprendizado. Para preenchê-lo, você pode, além de pesquisar experiências que outras pessoas já fizeram relacionadas ao seu tema, inventar as suas próprias. O Desafio 30 Dias é um exemplo de experiência :)

Resumo do desafio

  • Pesquise Conteúdos, Experiências, Pessoas e Redes relacionados ao seu tema
  • Preencha o mapa do CEP+R com até 3 fontes dentro de cada quadrante
  • Se quiser, invente suas próprias experiências

Para saber mais

São mais de 600 pessoas fazendo o Desafio juntas.

Para participar do grupo do Desafio 30 Dias de Hábitos de Aprendizagem no Telegram e ter acesso a conteúdos exclusivos e apoio de pessoas incríveis, inscreva-se gratuitamente aqui.

Baixe um material gratuito que vai te ajudar a aprender a aprender

Preparei um conteúdo com as principais pérolas da minha jornada de aprendizagem autodirigida.

É a essência mesmo. Aquilo que eu recomendaria de olhos fechados pra qualquer um que queira aprender a aprender.

E o mais legal é que eu organizei esse conteúdo no formato CEP+R (Conteúdos, Experiências, Pessoas e Redes).

CEP+R é um método que eu e Conrado Schlochauer criamos juntos. Usamos esse método em programas, workshops, mentorias e com a gente mesmo.

Acesse agora o conteúdo no meu site: www.alexbretas.com. E depois me envia um e-mail no alex@alexbretas.com me contando o que achou!

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com