Jacotópolis — ou Illichlândia

- Você ficou sabendo?

- Do quê?

- Daqueles malucos que querem obrigar todo mundo a aceitar uma educação impositiva. Parece que, pra eles, educação é algo que se recebe, e não que se cria. Estão por aí, em todo canto, se proliferando aos montes.

- Mas como alguém pode vir a acreditar numa coisa dessas? A humanidade evoluiu tanto desde que abolimos o ensino compulsório e hierarquizado!

- É sinal dos tempos… Desde aquele presidente genocida no século passado não víamos uma guinada conservadora tão grande quanto agora. Dizem que essas ondas tradicionalistas vêm e vão, assim como as ondas do mar, embora as ondas sejam uma metáfora bonita demais para ser usada nesse contexto.

- Meu bisavô me contava quando eu era menino que, nas empresas em que ele trabalhou, ele não era dono do tempo dele. Outras pessoas tinham o poder de literalmente dizer o que ele tinha que fazer e aprender!

- Como se elas soubessem…

- É muito louco, né? Será que esses lunáticos da educação compulsória não percebem o quanto a aprendizagem autodirigida fez avançar a cura de doenças, novas invenções, as artes e a regeneração do planeta?

- Acho que pra eles não é óbvio que alguém precisa aprender a descobrir por si mesmo para se tornar o gênio que nasceu para ser. Querem retroceder para um tempo em que ter uma educação significava ser um conformista.

- Precisamos parar esses malucos, pra ontem!

- Concordo! Mas como proteger a liberdade sem se tornar um tirano?

- Hmm, boa pergunta…

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com