Malu, frequentemente quanto estou irritado, chateado ou angustiado com alguma coisa, eu me deito por alguns minutos e tento respirar mais profunda e lentamente que o normal. E aí eu vou enxergando o que estou observando, sentindo e precisando naquele momento. E tentando também observar, sentir e intuir o que se passa com o outro que está envolvido na questão. Acho que isso tem tudo a ver com aprendizagem. Nem sempre consigo fazer isso, mas é uma forma mais saudável de lidar com eventuais conflitos e sentimentos "negativos". Muitas vezes também já escrevi o que sinto e realmente ajuda muito a acessarmos um estado de mais clareza e tranquilidade. Estou muito animado pra ver o que mais vem por aí da sua investigação!

Obs. 1: não consegui abrir o PDF do canvas!

Obs. 2: vc precisa muito conversar com a Andrea Monteiro do MoL!

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com