O aprendiz autodirigido é um fuçador

Eram 10 horas da noite, depois de um dia hiper cansativo e de um Zoom atrás do outro.

E eu estava lá, na frente do computador, tentando fuçar pra encontrar um aplicativo que conseguisse mudar as configurações da minha webcam (mais ou menos) recém-comprada.

Baixei um, não deu. Baixei o segundo, não deu. Por fim, depois de um santo vídeo no Youtube, baixei um terceiro app que funcionou lindamente.

O aprendiz autodirigido é um fuçador. Nossa tolerância com respostas medíocres é muito baixa.

Fuçar significa viver uma série de miniexperiências de aprendizado com a intenção de testar, experimentar, buscar jeitos diferentes de fazer as coisas.

E o fuçar também envolve muita autodireção. Quem fuça quer descobrir por si mesmo. O ensino desidrata o fuçador.

Obs. 1: inventores, designers e artistas são, em essência, fuçadores.

Obs. 2: que alegria essa palavra, fuçar, genuinamente brasileira!

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com