O dia em que eu fiz uma palestra lendo — e porque isso foi uma vitória pra mim

Em 2018, alguns meses depois de eu ter ingressado oficialmente na rede global dos Centros de Aprendizagem Ágil (ALCs), me chamaram para dar uma palestra e um workshop em um evento da rede no México.

Me disseram: “Alex, você pode fazer sua fala em espanhol ou em inglês”.

Minha primeira ideia foi o inglês, afinal, é uma língua que eu falo bem. Mas onde era o evento? No México! Um país “hispanohablante”.

Meu espanhol não é bom, mas eu queria muito honrar os mexicanos e falar na língua deles. Mas eu não tinha ideia de como eu conseguiria fazer isso…

Medo. Angústia. Confusão. Sensação de que a “fraude” seria logo descoberta.

Deixei decantar por alguns dias. Foi aí que surgiu a ideia — que me soou vergonhosa num primeiro momento — de fazer a minha fala lendo um texto que havia preparado antes. Em espanhol, ou melhor, portunhol.

A foto acima registrou esse momento. Tremi nas bases na hora que chamaram meu nome…

Diante de um desafio, em vez de pensar “eu não consigo”, pode ser útil pensar “eu conseguiria se…”

Obrigado, Blake Boles, pelo insight!

Acesse a palestra na íntegra aqui.

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com