Será que devemos voltar ao “normal” na educação?

“Normal” é:

  • O conteúdo sendo esquecido assim que terminam as provas.
  • Crianças aprendendo sobre como tirar boas notas acima de tudo.
  • “Lição” em vez de descoberta.
  • Blocos de tempo que interrompem o fluxo da aprendizagem.
  • Acesso desigual a ferramentas de aprendizagem modernas.
  • Silos de conhecimento que raramente se conectam.
  • Vigilância.
  • Ênfase em ensinar, não em aprender.
  • Falta de relevância para o mundo contemporâneo.
  • Crianças ansiosas, estressadas e deprimidas.
  • Falta de capacidade crescente em reconhecer informações falsas.
  • Valor próprio medido por números.
  • Poder-sobre em oposição a poder-com.

Então me diga, por que queremos voltar pra isso?

Traduzido livremente por mim do original de Will Richardson, um autor que vale a conhecer.

Link para o original aqui.

Obs.: obrigado, Blake Boles, por compartilhar!

TEDx Speaker | Autor | Facilitador de comunidades de aprendizagem autodirigida — www.alexbretas.com